redes sociais

Análise do ParlaFacebook de setembro de 2019: deputados estaduais e federais de Pernambuco

Setembro 2019 DEPUTADOS ESTADUAIS – Acaba de sair o novo ParlaFacebook, o monitoramento da Paradox Zero que acompanha há anos a variação de crescimento dos parlamentares nas redes sociais. Comparado ao estudo anterior (abril/2019), uma grande surpresa é que a deputada estadual Gleide Ângelo (PSB), campeã absoluta de votos na última eleição (412 mil), resolveu

Nos EUA, eleitos não podem bloquear pessoas nas redes sociais

O presidente Jair Bolsonaro é bastante ativo nas redes sociais, o que traz para o Brasil um debate que já dura anos nos Estados Unidos: políticos eleitos podem bloquear eleitores em suas redes? Para a Justiça dos Estados Unidos, o ato fere a Primeira Emenda da Constituição. Em um caso recente, o tribunal decidiu por

China com Alibaba: missão comercial e redes sociais em Shanghai e Hanghzou

Você já parou para pensar quanto custa levar uma mensagem ou produto até o público que realmente se interessa por ele? Aquele público com a maior inclinação a aderir ao seu projeto. Aquele público que só precisa de um link e uma ação rápida e objetiva de conversão, tecnicamente sem falhas, para efetuar uma compra?

Análise de deputados estaduais e federais de Pernambuco no Facebook – mar/2017

Disponível desde março, o ParlaFacebook da Paradox Zero oferece o resultado de um estudo inédito com os números consolidados de 12 meses de análise mensal das fanpages dos deputados de Pernambuco. Desde 2014, a agência divulga gratuitamente infográficos e análises sobre a convergência entre política e tecnologia. O ranking ParlaFacebook acompanha o desempenho das páginas do Facebook

Redes sociais nas eleições 2016 – Recife, São Paulo, Rio de Janeiro

Como os candidatos às prefeituras do Recife, São Paulo e Rio de Janeiro usaram as redes sociais, especialmente o Facebook, para conquistar eleitores? As estratégias afetaram o desempenho das fanpages, no que diz respeito ao número de seguidores? E como isso se reverteu nas campanhas, na prática? Foi de olho nessas questões que a Paradox Zero acompanhou,