ParlaFacebook de prefeitos de capitais – março 2019

No comparativo de 12 meses, entre março de 2018 e março de 2019, quase todos os prefeitos de capitais mantiveram suas páginas estagnadas ou até mesmo com diminuição de curtidores. Os dados completos são do estudo ParlaFacebook, da Paradox Zero. Infográficos em paradoxzero.com/parlafacebook

No Recife, Geraldo Julio (PSB/PE) perdeu 2 mil curtidores e caiu para 137 mil, mas continua na 7ª posição do ranking, embora ainda longe do 6º lugar ocupado pelo prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB), de Manaus, com seus quase 200 mil curtidores.

Prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB/RJ) mantém o primeiro lugar no ranking com mais de 2 milhões de curtidores, embora também tenha caído um pouco nos últimos meses: 26 mil pessoas a menos. A nova fanpage do prefeito, contudo, que agora quer separar a vida pessoal da prefeitura, conta com apenas 10 mil curtidores e seria uma das últimas no ranking.

Teresa Surita (MDB/RR), prefeita de Boa Vista, segue muito bem na segunda posição e crescendo: ganhou mais de 100 mil novos curtidores em 12 meses. Na outra ponta, a prefeita de Rio Branco, Socorro Neri (PSB/AC), sequer tem fanpage oficial. Continua apenas com o perfil pessoal, indo contra os termos de uso do próprio Facebook e limitando a participação do eleitor.

Destaque para o prefeito de Fortaleza, Roberto Claudio (PDT/CE) que em um ano cresceu quase 100 mil curtidores e conquistou a terceira posição no ranking.

Em São Paulo, o jovem Bruno Covas assumiu a prefeitura e tem 82 mil curtidores, muito diferente do ex-prefeito João Dória, que se comunicava de maneira bem eficaz pelo Facebook.

Outros prefeitos que ignoram a comunicação com o eleitorado pelo Facebook: Cinthia Ribeiro (PSDB/TO), Edvaldo Nogueira (PCoB/SE), Hildon Chaves (PSDB/RO), Iris Rezende (MDB/GO) e a lista segue. Metade dos prefeitos de capitais têm menos de 100 mil curtidores.