Análise de deputados estaduais e federais de Pernambuco no Facebook – dezembro 2018

Depois de três anos, o ParlaFacebook fecha o primeiro ciclo no acompanhamento de deputados estaduais e federais de Pernambuco no Facebook. A partir de janeiro, novos infográficos serão atualizados e divulgados para o cidadão, com o nome de todos os deputados eleitos para a gestão 2019-2022 e a avaliação dos especialistas da Paradox Zero.

Deputados estaduais

Entre dez maiores fanpages da Alepe, cinco conseguiram se reeleger: Rodrigo Novaes (PSD), Priscila Krause (DEM), Cleiton Collins (PP), Lucas Ramos (PSB) e Álvaro Porto (PTB).

Silvio Costa Filho (PRB) é o único no TOP 10 que garantiu mandato para Federal, em Brasília. A fanpage, que somava 77,3 mil seguidores antes da campanha, em julho, chega em dezembro com 80,8 mil seguidores.

Na comparação entre TOP 10 seguidores e TOP 10 de crescimento entre julho e dezembro de 2018, Laura Gomes (PSB) é a única que figura nos dois rankings. A deputada de Caruaru soma 54,4 mil seguidores, um aumento de 15% no período. A deputada, no entanto, não se reelegeu.

Laura Gomes também é a única com audiência relevante no TOP 10 de crescimento entre julho e dezembro. Com 54,4 mil seguidores, está à frente de todos os outros nove deputados – eles têm menos de 15 mil seguidores.

Na página do deputado Dr. Valdi, a tendência de alta surgida durante a campanha já foi esquecida. A fanpage cresceu de 5,7 mil para 13,7 mil seguidores entre julho e outubro — aumento de 139% e média de 2,6 mil novos seguidores mensais. Mas desde outubro o espaço ganhou apenas 200 novos seguidores…

Vários outros deputados se encaixam na mesma situação: redes deixadas de lado depois da campanha. É o caso de André Ferreira (PSC), Ossésio Silva (PRB), Lucas Ramos (PSB) e Odacy Amorim (PT). Para Lucas e Odacy, o quadro é ainda mais grave, pois eles perderam seguidores entre outubro e dezembro.

Estagnação é a palavra para definir a fanpage de Álvaro Porto (PTB). Depois de passar cinco meses para conquistar 2 mil seguidores, entre janeiro e maio deste ano, a página deu dois saltos: de 37 mil para 41 mil de maio a julho; e de 41 mil para 44 mil de julho a outubro. Agora o espaço foi abandonado outra vez: apenas 400 novos seguidores nos últimos dois meses.

Depois de chegar a 48,4 mil seguidores logo após a eleição, Edilson Silva (PSOL) teve a queda mais expressiva entre os estaduais, na comparação com dezembro. Agora o deputado soma 47,7 mil, redução de -1,35% da audiência.

Entre julho e dezembro, sete deputados perderam audiência no Facebook. Júlio Cavalcanti e José Humberto Cavalcanti (PTB), Clodoaldo Magalhães e Nilton Mota (PSB), Vinícius Labanca e Everaldo Cabral (PP) e Pedro Serafim Neto (PSDC) tiveram queda de público.

Ao lado de PP, PSB e PSD, o Top 5 dos partidos se completa com PRB e DEM, todos com mais de 100 mil seguidores. Legendas tradicionais como PTB (84,7 mil seguidores), PT (43,7 mil seguidores) e MDB (29,8 mil seguidores) estão fora desse grupo e, pelo visto, fora da realidade das redes também.

Deputados federais

Bruno Araújo (PSDB) termina o ano sem sair da casa dos 155 mil seguidores no Facebook. Em janeiro, ele somava 155.838 e agora em dezembro alcançou 155.399, perdeu seguidores. Candidato ao Senado na eleição passada, não conseguiu se eleger.

Jarbas Vasconcelos (MDB), que vai trocar a Câmara dos Deputados pelo Senado Federal em 2019, passou pelo menos 17 meses com 7 mil seguidores no Facebook, entre 2017 e 2018. Mas a campanha elevou a audiência da fanpage para 11 mil seguidores. Garantida a eleição, o espaço foi esquecido novamente: apenas 451 novos pessoas passaram a seguir a página nos últimos dois meses.

Entre as 10 maiores páginas de Pernambuco na Câmara, seis parlamentares conseguiram se reeleger: Daniel Coelho (PPS), Augusto Coutinho (SD), Pastor Eurico (Patri), Felipe Carreras, Danilo Cabral e Tadeu Alencar (os três do PSB). Mendonça Filho (DEM), Bruno Araújo (PSDB) e Silvio Costa (Avante), que disputavam vaga no Senado, foram derrotados nas urnas. A última integrante do TOP 10, Luciana Santos (PCdoB), assume a vice-governadoria de Pernambuco em 2019.

Augusto Coutinho (SD) e Danilo Cabral (PSB) são os únicos deputados presentes nos dois rankings: TOP 10 de seguidores e TOP 10 de crescimento entre julho e dezembro. Apesar de estarem na mesma faixa de público, Augusto Coutinho ainda está em vantagem, com 56,1 mil seguidores contra 50,7 mil de Danilo.

Outro comportamento que Augusto e Danilo compartilham é a estagnação após a campanha. Danilo ganhou apenas 233 seguidores entre outubro e dezembro; Augusto cresceu menos ainda: apenas 18 novos seguidores no período. As fanpages de Felipe Carreras (PSB) e Eduardo da Fonte (PP) vivem situação semelhante.

Há seis meses, a fanpage do deputado reeleito Daniel Coelho (PPS) estagnou na casa dos 192 mil seguidores. O salto ocorrido entre março e abril, quando a página ganhou 8,4 mil seguidores, foi pontual. Desde julho, o crescimento foi inexistente, apenas 0,18% — de 192,3 mil para 192,7 mil.

Jorge Côrte Real (PTB) foi o único deputado a perder público no atual levantamento da Paradox Zero. Entre julho e dezembro, ele passou de 27,3 mil para 27 mil.

Dezembro vai marcar o fim da liderança no DEM na bancada pernambucana no Facebook. O partido está na dianteira, com 244,8 mil seguidores, mas vai perder os 223,6 mil seguidores de Mendonça Filho, derrotado na eleição. O PSB, atual vice-líder com 212,4 mil seguidores, ainda passará a contar com os 61,4 mil seguidores de João Campos a partir de 2019 — colocando o partido no primeiro lugar do ranking de legendas.

O PSDB, que soma 184,9 mil seguidores — nas fanpages de Betinho Gomes e Bruno Araújo — ocupa o quarto lugar no ranking de partidos. A partir de 2019, porém, com a derrota dos dois deputados, a legenda não terá mais representantes na bancada federal pernambucana. Em compensação, PSC e PHS são os novos partidos que passam a fazer parte desse ranking.