Pexels

Dia do Consumidor: ofertas online exigem atenção a mais com segurança digital

É muito frustrante comprar, pagar e não receber um produto. No Dia do Consumidor — 15 de março — vale lembrar que a melhor maneira de evitar essa frustração é tomando os devidos cuidados para comprar pela internet de forma segura. Um levantamento recente da ACI Worldwide afirma que as fraudes online, no mundo todo, aumentaram 12% em 2016, em relação a 2015, e o Brasil segue essa média.

Dicas para o consumidor na hora da compra:

– A primeira coisa a fazer é consultar a lista feita pelo Procon-SP, onde estão os endereços de sites que não são considerados seguros e que os consumidores devem evitar.

– Verifique se o site da loja virtual tem um cadeado na barra do navegador, do lado esquerdo, e se o endereço começa com HTTPS. Esse símbolo significa que o site recebeu uma proteção especial e suas informações são criptografadas. Aqui na Paradox Zero, nós temos uma preocupação com a segurança os dados de nossos clientes, mesmo aqueles que não lidam diretamente com e-commerce.  A gente investe para que o usuário e suas informações trafeguem de forma segura pela web.

Dia do Consumidor e navegação segura.

– Dê preferência a sites que já sejam conhecidos e que tenham uma boa reputação. Mas, antes de concluir uma compra, procure opiniões de outros usuários sobre a loja virtual. Verifique se ela é conhecida por cumprir prazos, se os clientes parecem satisfeitos e se não existem reclamações em outros sites especializados como Reclame Aqui e ProTeste. Fazendo uma boa busca online é possível se certificar disso.

– Observe se o site da loja exibe o número do Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), telefone e endereço físico. Se quiser, verifique também o CNPJ no site da Receita Federal.

– Guarde todas as informações possíveis sobre as transações financeiras e a confirmação da compra. Se houver qualquer problema depois, você terá as provas de que a compra foi realizada.

– Desconfie de ofertas tentadoras demais. Se um produto aparece com um valor muito abaixo do mercado, o risco de fraude é grande.