União Europeia terá carregador universal de celulares

Mk2010/WikimediaCommons

O Parlamento Europeu está avançando com os planos de impor um modelo universal de carregador para telefones celulares nos mercados locais. O projeto de lei foi aprovado pelos membros de forma quase unânime: foram 550 votos a favor, 12 contra e oito abstenções.

A intenção é substituir os designs personalizados dos fabricantes, de forma a cortar custos e evitar desperdícios para o usuário, além de poupar o meio ambiente. No comunicado divulgado pelo Parlamento Europeu, a relatora Barbara Weiler mostrou-se bastante satisfeita com a decisão: “Isso servirá aos interesses do consumidor e do meio ambiente, já que colocará um fim à desordem de carregadores e a 51 mil toneladas anuais de lixo eletrônico”, afirmou.

A ideia é que tais carregadores possuam uma voltagem padrão e uma entrada USB com um conector tipo C. Atualmente, a voltagem varia de acordo com o produto para o qual os carregadores são desenvolvidos. No entanto, a Comissão não forneceu detalhes em relação ao design que planeja impor.

Também está previsto que o requerimento se estenda a outros equipamentos de rádio, mas caberá à Comissão Europeia definir quais tipos de produtos terão que atender à regra.

O projeto de lei ainda terá que ser formalmente aprovado pelo Conselho de Ministros da União Europeia, o que deve acontecer em alguns meses. Em seguida, os países membros da União Europeia terão dois anos para integrar a regra às leis nacionais, enquanto as fabricantes terão mais um ano para cumpri-la, passando a disponibilizar os carregadores universais.